sábado, 19 de agosto de 2017

Bate-papo sobre a pirataria.


A pirataria é sempre um tema que uma hora ou outra aparece por aí e sempre há gente comentando sobre, especialmente entre os blogs animísticos, visto que as indústrias do anime e do mangá estão fortemente relacionadas à pirataria, seja desde o mangá que você lê na internet até o cosplay que você faz para ir num evento. Assim, chegou a vez de mim, Gato de Ulthar, conjuntamente com outros dois colegas blogueiros, o Diego do É só um Desenho e o Vinicius Marino do Finis Geekis conversarmos um pouco sobre o tema da pirataria, e o resultado deste bate-papo está logo abaixo.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Ponko Of The Stars And Reiko Of The Tofu Shop. Muito cuidado com as aparências.



Ao olhar o título deste mangá e a foto de capa, é possível que você pense que Ponko Of The Stars And Reiko Of The Tofu Shop se trate de um mangá infantil, dos muitos os quais os protagonistas encontram criaturas fofinhas e vivem diversas aventuras com o poder da amizade. Mas nem tudo é o que parece. Depois de nos acostumarmos em não confiar em qualquer ser bonitinho que aparece por aí (vide Puella Magi Madoka Magica), esse tipo de narrativa "engana-trouxa" que rompe com as expectativas não é mais uma novidade. Entretanto, mesmo neste nicho há espaço para criatividade, como no caso de Ponko Of The Stars And Reiko Of The Tofu Shop.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Inio Asano e Daisuke Igarashi - O início na indústria do mangá.



Como nem só de análises de mangás e animes vive o Dissidência Pop, venho apresentar para vocês uma entrevista muito interessante que traduzi, com dois dos maiores nomes do mangá contemporâneo, Inio Asano e Daisuke Igarashi. Acho que é sempre relevante, além de ler as obras dos autores, entender como eles produzem seu trabalho, suas motivações, seus medos, a evolução de seus estilos e suas inspirações profissionais. Este tipo de conteúdo ajuda até mesmo a entendermos melhor seus mangás. Além disso, podemos nos surpreender com curiosidades que nem podíamos imaginar. Quem poderia dizer que Inio Asano prefere desenhar comédias do que mangás coming of age? Essas e outras curiosidades podem ser retiradas da seguinte entrevista. Espero que desfrutem.

sábado, 29 de julho de 2017

La Croisade des Innocents - A pureza das crianças contra a devassidão do mundo.


1212, em um pequeno vilarejo da França, iniciou-se um dos capítulos mais obscuros da Idade Média, a Cruzada das Crianças, um misto de fatos misturados com lendas, que culminou em uma terrível tragédia. Um jovem pastor de 12 anos, acreditando estar tocado pela vontade de Deus, empreende uma viajem sem volta com o objetivo de alcançar Jerusalém. Romanceando este evento tão nebuloso, temos o fabuloso trabalho de Usamaru Furuya (Suicide Club, The Music of Marie), que não teve freios em reproduzir de maneira magistral todos os horrores vividos pelas crianças da época, como violência sexual, doenças e fome. Um mangá ficcional, mas que choca pelo seu realismo brutal, sendo um ótimo exemplo das narrativas profundamente psicológicas de Usamaru Furuya.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Yuki no Touge, Tsurugi no Mai. Dois panoramas do Período Sengoku.


Hoje o Dissidência Pop mergulha de cabeça dentro da história do Japão, mais especificamente no Período Sengoku, umas das páginas mais conturbadas e sangrentas da história do arquipélago nipônico, também sendo considerada a era de ouro dos samurais, servindo de inspiração para incontáveis obras de ficção. Neste contexto histórico se passa a história do mangá que vou analisar, Yuki no Touge, Tsurugi no Mai (Snowy Ridge, Dance of the Blade), de autoria de Hitoshi Iwaaki, o famoso autor de Parasyte. Se você gosta de mangás históricos e histórias de samurais, leia este post com atenção.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Mel Kishida. Um ilustrador verdadeiramente notável.


Como é de costume, todo mês o Dissidência Pop faz uma postagem sobre o trabalho de algum ilustrador, apresentando um pouco do seu trabalho. No mês de julho não será diferente, sendo assim, trago uma amostra da estonteante arte do ilustrador Mel Kishida. Eu ainda poderia falar muito sobre a qualidade de seu trabalho, mas ela fala por si mesmo, basta olhar suas ilustrações. 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

O Problema da Existência na Animação Japonesa.



Aproveitando o ensejo do post publicado recentemente sobre Serial Experiments Lain, estou trazendo uma tradução minha de um artigo científico publicado na revista Proceedings Of The American Philosophical Society, sobre o problema da existência na animação japonesa, onde a autora, Susan J. Napier, professora de estudos japoneses, expõe como as animações trabalham a questão existencial, especialmente no que diz respeito ao conceito de realidade e fantasia. Alguns animes são citados e rapidamente analisados, como Serial Experiments Lain, A Viajem de Chihiro e Ghost in the Shell.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...